Polícia Federal faz buscas na Assembleia Legislativa de Alagoas

Duas viaturas da Polícia Federal estão na Assembleia Legislativa de Alagoas (Foto: Suely Melo/G1)Duas viaturas da Polícia Federal estão na Assembleia Legislativa de Alagoas (Foto: Suely Melo/G1)

A Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União fazem buscas na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) de Alagoas na manhã desta quinta-feira (30).

A operação denominada Sururugate cumprem mandados de busca e apreensão na Diretoria Financeira e de Recursos Humanos. Estão sendo apreendidos documentos e dados digitais com o objetivo de apurar suposto esquema de desvio de recursos da folha de pagamento do órgão.

À imprensa, a assessoria da ALE informou que só irá se pronunciar quando a operação for concluída.

Levantamentos apontaram que os pagamentos realizados pela Assembleia a pessoas cadastradas em programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família, somente entre 2010 e 2013, ultrapassaram o montante de R$ 15 milhões.

A controladoria, segundo a PF, iniciou a apuração após fazer o cruzamento de dados e posterior auditoria em beneficiários do Bolsa Família que, supostamente, faziam parte dos quadros funcionais da Assembleia.

O mandado judicial, de acordo com a PF, foi expedido pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), a partir de representação da Polícia Federal, após parecer favorável do procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto.

Os documentos recolhidos serão encaminhado à Sede da PF em Alagoas, para posteriores análises em conjunto com a CGU/AL.

 

Fonte: G1

Temas .

 


Deseja comentar esta notícia? Autentique-se para postar um comentário. Efetue seu login aqui »

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página