Agentes da Polícia Federal (PF) trocaram tiros com dois suspeitos de fazer o crime conhecido como “saidinha de banco” no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, pouco antes das 7h desta sexta-feira (6). Conforme a PF, a dupla já era monitorada e é suspeita de atacar, em 30 dias, 10 clientes de bancos do bairro onde foram presos e também no Bom Fim.

O crime de “saidinha de banco” é feito por bandidos que se aproveitam do momento em que clientes saem de agências após realizar saques. No caso da dupla específica, há a informação de que eles aproveitavam o horário de troca de turno da Brigada Militar para conseguirem agir sem ser preso. A investigação começou após uma sequência de ocorrências em Porto Alegre.

Os tiros foram disparados na esquina entre as ruas José de Alencar e Múcio Teixeira, em frente a uma agência da Caixa Econômica Federal. Nenhum agente da PF se feriu. Os assaltantes rondavam o banco em uma motocicleta, enquanto os agentes, com apoio da BM e de seguranças da agência, observavam a movimentação em uma campana na região.

A PF afirma que as investigações serão ampliadas para a identificação de outros criminosos que praticam ações similares.

 

Polícia Federal
Bandidos usavam com pistola e faca nos crimes e andavam de moto pelo bairro atrás de vítimas

Fonte: GAUCHA ZH