Páscoa longe da Serra – Por: Valacir M. Gonçalves

No outono, as folhas caem colorindo o chão da serra gaúcha. Amigos me informam que ela está colorida, mas triste. Está estranha, diferente, quase vazia, sentindo falta daquela Páscoa misturada com coelhinhos e chocolates que encantavam adultos e crianças.

A tragédia imposta pelo coronavírus a todos mostra que precisamos acreditar mais do que nunca que o outono existe para que tudo possa renascer na primavera.

Longe de lá, continuo recluso, com a impressão de que estou vivendo um pesadelo. Mas o novo dia chega, preciso encontrar forças para continuar acreditando que vamos ter a nossa vida de volta.

Preciso acreditar, preciso

Amém!

 

e-mail vala1@uol.com.br

blog www.valacir.com

 

Temas .

 


Deseja comentar esta notícia? Autentique-se para postar um comentário. Efetue seu login aqui »

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página