O presente não absolve ninguém – Por: Valacir M. Gonçalves

É óbvio que algum tipo de reforma precisava ser feita, mas também é óbvio que a fatura não será paga por todos. Essa quase falência do Brasil e o remédio encontrado é consequência do saque que o país sofreu ano após ano impiedosamente.

Gastaram recursos que não tinham, posaram de ricos para o mundo, distribuíram dinheiro para todo tipo de demagogia financiando empreiteiras com dinheiro superfaturado dos BNDES da vida – agora a fatura chegou. Estão aí criminosos confessando, vomitando milhões de dólares em rede nacional, muitos até devolvendo dinheiro e bens.

Com a fatura na mão, alguns posam de “Mãe Diná” dizendo que sabiam que isso iria acontecer, eles precisam saber que o presente não os absolve de nada – o passado ficará grudado em suas almas. Eles pagarão por seus crimes, enquanto outros (como eu) pagarão por terem votado nos bolsonaros da vida, deixados como única opção para afastar bandidos do poder.

A “cota de sacrifício” repetida pelo tal de Guedes será imposta por quem está dispensado dela aos mesmos de sempre. Só resta explicar isso ao meu coração, estou cuidando dele, lavando-o com carinho, colocando-o ao sol pra secar. Vou deixá-lo limpo e descansado, em forma para novas utopias.

Amém!

 

e-mail vala1@uol.com.br

blog www.valacir.com

Temas .

 


Deseja comentar esta notícia? Autentique-se para postar um comentário. Efetue seu login aqui »

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página