Memória – 30 Anos da Fenapef – Por: Valacir Marques Gonçalves

Ano 1990. Local? Um lugar humilde e despretensioso em Brasília. Personagens? Um bando de sonhadores. Policiais impregnados pelo vírus da liberdade e do inconformismo, mas acima de tudo com coragem e determinação. Objetivo? Criar a Federação Nacional dos Policiais Federais – a FENAPEF, uma entidade que reuniria os incipientes sindicatos existentes na época. Que lutaria sem medo por melhores condições de trabalho, salário digno e democratização nas relações funcionais.

Hoje olho na parede a velha foto, vejo personagens de um Brasil que não mais existe, personagens de um Woodstock caboclo que também teve um sonho, não o de combater a guerra com paz e amor, mas o de combater a injustiça com inconformismo e vontade de mudar. Olho a foto: vejo gente com barba, costeletas, indumentária da época, quase todos esbeltos e com aquele jeito de quem sabe que adiar esperanças adoece o coração. É difícil a identificação. Lembro Drummond: “É apenas um retrato na parede. Mas como dói”

PARABÉNS, FENAPEF !

 

e-mail vala1@uol.com.br

blog www.valacir.com

Temas .

 


Deseja comentar esta notícia? Autentique-se para postar um comentário. Efetue seu login aqui »

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página