Justiça manda suspender punição e processo disciplinar contra representante sindical

O Sindicato dos Policiais Federais em Minas Gerais obteve a segunda vitória consecutiva nos casos de perseguição ao agentes federal e diretor de Comunicação da Fenapef e Conselheiro do SINPEF/MG, Josias Fernandes.

Uma decisão liminar em mandado de segurança, proferida pela 16ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais e publicada no último dia 18 de abril, determinou a “suspensão até o julgamento do mérito” do Processo Administrativo Disciplinar nº 002/2012-SR/DPF/MG. O PAD foi instaurado contra o agente federal e sindicalista, para apurar autoria da reportagem “Operação Bye Bye – De saída, chefe da PF em Minas usa helicóptero da PC para visita a delegacias”, publicada no site da FENAPEF, em maio do ano passado.

Há poucos dias o Jurídico do SINPEF/MG também obteve êxito em outra decisão judicial, que deferiu pedido de liminar para suspender a aplicação de penalidade imposta pelo PAD nº 008/2011. Este processo foi instaurado em razão de viagem do representante sindical, para participar de reunião na FENAPEF, em Brasília, no qual o sindicalista foi punido com a pena de três dias de suspensão, por decisão do superintendente da PF em Minas Gerais, delegado Fernando Duran Poch.

O SINPEF/MG tem se destacado nas ações judiciais em defesa dos seus sindicalizados e estará atento a qualquer tentativa de perseguição aos sindicalistas que atuam em defesa de uma Polícia Federal melhor, mais moderna, justa e eficiente.

Fonte: SINPEF/MG, com Agência Fenapef

 

Temas , , .

 

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página