Fenapef articula contra a PEC 287 no Congresso

IMG_1282O presidente, vice-presidente e diretor Parlamentar da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Antônio Boudens, Flávio Werneck e Marcus Firme dos Reis, passaram a terça-feira (14) na Câmara dos Deputados em articulação com parlamentares que analisarão, nos próximos dias, o texto da Reforma da Previdência.

A série de encontros com deputados é uma estratégia da Federação para sensibilizar o Congresso sobre a retirada da atividade de risco das carreiras policiais para concessão da aposentadoria.

A última reunião do dia foi realizada com o deputado Artur Maia, relator da comissão que discutirá o tema. A agenda do congressista estava cheia, mas os representantes da Fenapef insistiram e conseguiram uma audiência quando o Congresso já estava vazio.

O deputado Artur Maia mostrou sensibilidade em relação ao tema e confiança ao dizer que o Congresso vai trabalhar alternativas para que os profissionais de segurança pública não percam direitos assegurados pela Constituição Federal.

A argumentação da presidência da entidade é que a carreira policial é de alto risco e essencial para que o país supere a atual crise de segurança pública. Além disso, os policiais não recebem benefícios assegurados a trabalhadores da CLT que atuam em situações de periculosidade.

A reunião contou ainda com a articulação do Deputado Federal Aluísio Mendes, que é agente federal e profundo conhecedor da segurança pública brasileira.

 

Fonte: Agência Fenapef de Notícias

Temas , .

 

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página