Escrivães participam de videoconferência da Fenapef

Escrivães de todo o país debateram na tarde de hoje, 7, suas atribuições durante uma videoconferência nacional promovida pela Federação Nacional dos Policiais Federais. Os escrivães, em sua maioria, falaram do dia-a-dia de trabalho em delegacias e superintendências da PF e sugeriram pontos para a uniformização dos procedimentos nos cartórios.

Uma das propostas feitas pelos colegas é a criação dos cartórios únicos nas unidades da PF. Conforme, os policiais a criação deste tipo de cartório irá contribuir com a eficiência do trabalho policial diminuindo a carga de stress a que são submetidos os colegas.

Os escrivães federais também salientaram a importância da adoção da uniformização de procedimentos funcionais dos escrivães em nível nacional. As sugestões feitas pelos colegas farão parte da cartilha “PF Legal” elaborada pela Fenapef. Uma das novas diretrizes é a realização de oitivas somente pelos delegados e não mais pelos escrivães como era comum nas unidades da PF.

O mediador da videoconferência e diretor de Estratégia Sindical da Fenapef, Paulo Paes, saudou a participação dos escrivães na videoconferência. “Tivemos quase 80 colegas representando escrivães de todo o país”, disse. Paes destacou que as videoconferências serão uma ferramenta permanente na troca de informações e planejamento de ações dos EPA´s.

Na próxima semana acontece a videoconferência das diretorias jurídicas.

Fonte: Agência Fenapef

Temas , .

 

Ir para o topo da páginaIr para o topo da página